Energia Solar em Porto Alegre, Rio Grande do Sul


A geração de energia solar em Porto Alegre está aumentando mês a mês e o consumo de energia em terras gaúchas vem acompanhando o crescimento da capital dos gaúchos.


A cidade despertou para o uso de energia elétrica a partir de fontes renováveis nos últimos anos e tem derrubado o mito de que cidades com clima mais frio não sejam eficientes para o uso de sistemas de energia solar fotovoltaica.


O Mito da Energia Solar em de Porto Alegre


Uma das principais dúvidas das pessoas quando pensam em gerar a sua própria energia solar é o fato de algumas regiões serem mais conhecidas pelo frio do que pelo calor e incidência de sol.


É o caso de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, existe um mito que por ser uma cidade da região sul do país, não seria viável utilizar o recurso natural do sol para converter a radiação em energia elétrica através das famosas placas solares.


Mas, até a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) já se posicionou e colocou todas essas impressões como um grande mito em torno da produção de energia fotovoltaica.


A questão é que todo o território brasileiro é potencialmente eficiente na geração elétrica a partir da  luz do sol, que pode ser captada e aproveitada em qualquer região do país, respeitando os picos de incidência do sol e o posicionamento ideal dos painéis solares.


Em Porto Alegre, capital brasileira mais meridional, a duração solar do dia varia de 10 horas e 13 minutos a 13 horas e 47 minutos, aproximadamente, entre 21 de junho e 22 de dezembro, respectivamente, segundo a Aneel.


Você pode ler este artigo bem aqui: http://www2.aneel.gov.br/aplicacoes/atlas/pdf/03-Energia_Solar(3).pdf


Como Funciona a Energia Elétrica Solar Para Porto Alegre


Para maximizar o aproveitamento da radiação solar em Porto Alegre nestes períodos, o ajuste das placas fotovoltaicas, ou painel solar como é chamado, deve estar de acordo com a latitude do local e, de preferência, voltado ao sentido Norte, direção ideal para as placas instaladas no Brasil.


Então, para a instalação de um sistema de captação solar fixo na região sul do país, os painéis precisam ser orientado para o norte, com ângulo de inclinação similar ao da latitude local.


Tanto é possível e eficiente que várias iniciativas de aproveitamento da luz do sol para a geração elétrica já existem na cidade de Porto Alegre e batem até recordes!


Vamos te contar todas as iniciativas da capital gaúcha que merecem destaque em consumo de “energia verde”.


Iniciativas de Aproveitamento de Energia Solar em Porto Alegre