Geração de Energia Solar e o Desempenho de Longo Prazo


A principal meta de uma empresa solar fotovoltaica deve ser o desempenho de longo prazo do sistema para seus clientes.


Esta é uma das principais recomendações da ABSolar e reflete diretamente em nossa missão na ASG Solar como integradores e prestadores de serviço no ramo de geração de energia fotovoltaica.


Melhores Práticas

Isso dependerá da forma como o sistema será instalado, operado e mantido. Deve-se evitar erros de projeto, minimizados por visita técnica, cálculos de sombreamento e dos riscos de degradação dos equipamentos, como em ambientes altamente salinos ou corrosivos.

Um bom projeto não recobre de módulos fotovoltaicos toda a superfície de um telhado, impossibilitando a posterior operação e manutenção. Deve-se deixar espaço suficiente para o fácil acesso e movimentação ao redor deles. Andar sobre os módulos é terminantemente proibido, dado que microfissuras poderão se formar, danificando o equipamento, ocasionando hotspots ou pontos quentes, que aceleram a degradação dos módulos, levando a problemas de desempenho, riscos à segurança e perda da garantia dos equipamentos por manipulação inapropriada.

Embora projetado para intervenção mínima, um sistema solar fotovoltaico não funciona sozinho. A escolha de componentes e equipamentos deve garantir que o sistema atenda às expectativas de performance de longo prazo do cliente. O monitoramento da geração de energia elétrica serve de referência para sua performance ao longo do tempo. A análise regular do desempenho do sistema permite antever sinais de degradação ou desvios de performance e agir preventivamente. Isso proporciona maior valor ao cliente final, assegurando melhor desempenho e maior retorno sobre o investimento.


Manutenção Corretiva, Preventiva ou Preditiva?

Manutenção Corretiva

Como o próprio conceito sugere, esse tipo de manutenção consiste na correção imediata de problemas que inviabilizam o bom funcionamento do seu sistema de geração de energia solar e equipamentos, causando sérios prejuízos no processo produtivo.


Embora essa manutenção geralmente não seja programada – sendo na maioria das vezes necessário substituir peças e componentes danificados ou desgastados – em determinados casos ela pode ser planejada mediante a realização da manutenção preditiva, que veremos mais adiante.


Quando realizada sem planejamento, a manutenção corretiva gera altíssimos custos para as indústrias, comprometendo o cumprimento de prazos e até mesmo o lucro do mês.


Manutenção Preventiva

A manutenção preventiva é um conjunto de estratégias de monitoramento e controle empregadas com o objetivo de impedir (ou amenizar) falhas quanto ao desempenho de máquinas e equipamentos, sejam eles hidráulicos, automotivos ou industriais.


Contrário à corretiva, essa manutenção sempre é planejada, sendo realizada de maneira periódica com base em um cronograma e/ou índice de funcionamento. Além de gerar menos custos, esse tipo de manutenção faz com que máquinas e equipamentos operem com máximo desempenho.