10 mitos sobre energia solar fotovoltaica



O mundo está sempre em transição, e atualmente nos encontramos suspensos entre duas idades: um tempo dependente de combustíveis fósseis, como petróleo e carvão, e um futuro dominado por fontes de energia renováveis . No entanto, nem todos são vendidos nessa visão. As opções variam em quão confiáveis ​​algumas dessas fontes de energia renováveis são, bem como quão bem elas serão capazes de nos sustentar em uma era de combustível pós-fóssil.


De fato, é muito como deixar o rebocador furado, poluente e finalmente condenado que conhecemos pela chalupa neutra e neutra em carbono que não conhecemos. Claro, as ideias por trás do novo barco são encorajadoras, mas ainda queremos ficar acima da água - e gostaríamos de trazer todas as nossas coisas conosco também.


Fora de toda essa incerteza, vários mitos, equívocos e mentiras vieram à tona. Neste artigo, deixaremos de lado as noções mais vagas a respeito de novos pedidos mundiais e baterias de área 51 . Em vez disso, vamos olhar para o maiores mitos de energia solar.

1. PAINÉIS SOLARES NÃO FUNCIONAM EM CLIMA FRIO OU ENQUANTO O CÉU ESTÁ NUBLADO

Os painéis solares funcionam em ambientes ensolarados, nublados e frios. As tecnologias que compõem os painéis solares permitem que eles funcionem eficientemente, de maneira que as oscilações de temperatura não impeçam a produção de energia. Além disso, dias nublados também não impedem alguma eficiência dos painéis solares, ainda que a produção seja menor devido à baixa luminosidade.


Mesmo que frios, dias ensolarados de inverno geram um nível de energia muito similar a dias de verão. Exemplos de países em que os sistemas são eficientes, considerando as oscilações bruscas de temperatura: Alemanha (líder mundial na produção de energia solar fotovoltaica), Reino Unido, China e Itália.


2. A ENERGIA SOLAR AINDA PODE FUNCIONAR EM MINHA CASA QUANDO FALTAR ENERGIA

O fato é que se você estiver em uma local com a energia conectada na rede (ongrid), quando esta acabar o sistema também vai parar de exportar/importar energia, uma vez que pode ser perigoso distribuir eletricidade aos fios cujos funcionários da concessionária estão tentando consertar. Como resultado, o seu inversor reconhecerá que a rede foi desligada e inibirá a distribuição de energia que vem dos painéis solares.


3. ENERGIA SOLAR É MUITO ONEROSA E NÃO É ECONOMICAMENTE VIÁVEL

Analisando de 2011 a 2015, o investimento necessário para a instalação de energia solar tem sido cada vez menor. Seus custos médios caíram cerca de 30%. Globalmente, é mais barato produzir eletricidade via energia solar do que  por meio do carvão. Além disso, ter painéis solares faz com que você devolva a eletricidade produzida à rede, permitindo que haja benefícios no esquema de tarifação, isto é, adicionando crédito à sua conta de luz.


4. INSTALAR ENERGIA SOLAR É MUITO COMPLICADO E REQUER MUITA MANUTENÇÃO

A instalação de painéis solares é relativamente simples, considerando que você esteja com recursos e componentes de fornecedores confiáveis. Se o seu sistema fotovoltaico estiver corretamente conectado à rede de distribuição, então ficará mais fácil manter os painéis solares. Os painéis solares necessitam ser limpados apenas com água, para a remoção de poeira ou detritos acumulados sobre eles.


Além disso, os painéis solares são produzidos de maneira a suportar climas severos, incluindo chuva de granizo, altas temperaturas, etc. Se você tem um sistema baseado em bateria (off-grid), será necessário maior frequência na manutenção do que o sistema que não utiliza bateria (ongrid); é importante ressaltar que os sistemas ongrid são mais comuns e mais baratos do que os off-grid.


5. PAINÉIS SOLARES CAUSARÃO DANOS AO SEU TELHADO

Os painéis solares beneficiarão uma parte do seu telhado, uma vez que cobrirão as telhas, as protegendo e  preservando. Em um evento atípico em que as telhas onde os painéis estão sobrepostos sofram algum problema e precisem ser reparadas, os painéis poderão ser facilmente removidos desde que não estejam presos diretamente às telhas; eles são apenas montados sobre o telhado, fixados em estrutura própria e bem dimensionada de suportes para fixação.


6. ENERGIA EM EXCESSO PODE SER ARMAZENADA EM SISTEMAS DE BATERIA

Não é bem assim, e depende do tipo de sistema construído, se ongrid ou off-grid. Na versão ongrid, seus equipamentos de geração são ligados à rede da concessionária, isto é, você se beneficiará de um sistema de medição de duas vias, que são utilizar ou injetar energia nessa rede.


Quando seu sistema produz mais energia do que você está utilizando, seu medidor registra essa sobra (que está sendo injetada na rede elétrica externa à sua casa) e, por outro lado, quando você utiliza mais do que está produzindo (em dias muito nublados ou à noite, por exemplo), o medidor acusa a energia que está sendo baixada da rede da concessionária. A soma de tudo é que dirá quanta energia tem que ser paga ou quanto saldo fica para a próxima conta. Não há qualquer relação, neste caso, com armazenamento em baterias ou qualquer outro tipo de dispositivo.


É importante frisar que, existem os sistemas híbridos de energia solar, onde pode haver uma configuração de armazenamento de energia por meio da geração de energia solar fotovoltaica. No entanto, parte do que voltaria à rede para contabilizar como crédito na sua conta de luz – em casos de sistemas ongrid –, será destinado às baterias, o que afetará no dimensionamento do sistema fotovoltaico como um todo, incluindo o investimento necessário para aquisição e instalação do sistema. Alguns clientes optam por sistemas mais robustos de energia solar híbrida devido à necessidade de energia ininterrupta para atividades produtivas.



7. SERÁ MAIS DIFÍCIL VENDER SUA CASA COM OS PAINÉIS SOLARES

Na verdade os painéis solares agregarão ainda mais valor ao imóvel – 8% a 10% de valorização do imóvel. Muitos estudos dizem que casas com painéis solares são vendidas mais rapidamente do que casas que não possuem energia solar.


Embora seja necessário um investimento na instalação do sistema fotovoltaico, você acabará economizando se analisado no longo prazo, uma vez que o valor agregado à propriedade (além do abatimento das contas recorrentes de luz, considerando sistemas fotovoltaicos conectados à rede) tende a superar o que foi investido inicialmente. É válido ressaltar que, no caso de sistemas conectados à rede, pode haver o apelo de contas de luz próximas a zero ($), aos potenciais compradores. Por fim, cada caso é um caso, isto é, outras variáveis podem influenciar no valor de venda do imóvel.


8. OS PREÇOS DE PAINÉIS SOLARES SÃO BASEADOS NO TAMANHO DA SUA CASA

Não é verdade. A quantidade (e, portanto, a potência total) de painéis solares é dimensionada para se adequar às necessidades específicas de consumo de cada proprietário. No momento de avaliar o orçamento da instalação dos painéis solares, deverá ser dada atenção especial às orientações e inclinações do seu telhado. Além disso, quando realizado o projeto para a instalação, deverá ser considerado o entorno da área do telhado, de maneira que haja certeza que haverá fácil acesso à luz do sol e não haverá obstrução por árvores, outros prédios e demais obstáculos. Portanto, “tamanho não é documento”.


9. SE PODEMOS UTILIZAR OUTRAS FONTES DE ENERGIA SEM TER ALTO INVESTIMENTO INICIAL, NÃO DEVO INVESTIR EM ENERGIA SOLAR, E SIM EM OUTRO NEGÓCIO


Um dos motivos para optar pela energia solar é que ela é puramente limpa e sustentável, ao contrário de outras fontes de energia, como o carvão mineral e óleo combustível pelo teor de poluição, e pelas hidrelétricas que afetam a fauna e flora. Em outras palavras, apostar nas fontes tradicionais de geração de energia implica em agravar problemas em ecossistemas e na saúde do ser humano. Por fim, no que se refere ao aspecto financeiro, apesar da necessidade de investimento inicial  para implantar energia solar, deve-se analisar a conta a médio e longo prazo, onde o investimento nessa modalidade é mais atrativo que outros tipo de investimento. Outra boa notícia é que os bancos estão cada vez mais flexíveis e acessíveis para financiar projetos de energia solar fotovoltaica.


10. OS PAINÉIS SOLARES FAZEM MAL AO MEIO AMBIENTE DEPOIS QUE DESCARTADOS

Os painéis solares são fabricados para ter um ciclo de vida acima de 25 anos, e depois eles poderão ser reciclados. De fato, isso dependerá do fabricante dos seus painéis solares, e saber se eles serão reciclados é um pouco complicado, uma vez que maior parte das instalações ainda está em funcionamento. De qualquer maneira, alguns fabricantes já se dispõem a reciclar painéis solares sem custo adicional, e acreditamos que isso seja uma tendência para a grande maioria dos fabricantes.


Se você quiser matar a curiosidade e ter uma idéia de quanto custará um sistema solar na sua residência ou no seu comércio acesse o nosso simulador e veja.

https://www.asgit.com.br/simulador



ASG Solar

https://www.asgit.com.br/solar

contato@asg.com.br

(51) 3376.1210


Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo

VENDAS

(51) 3376-1210

(51) 99340-7861

ONDE ESTAMOS
PORTO ALEGRE -RS

Rua Corcovado, 247

Bairro Auxiliadora

CEP: 90540-100

Tel:. (51) 3376-1210